O Que Significa Composição Fotográfica?

Uma das peculiaridades nas múltiplas formas de arte que tanto intriga e cativa o inconsciente é o seu carácter subjectivo e aparentemente indescritível. Aqui jaze, a meu ver, a maravilha da individualidade e da criatividade humana.

O termo “composição” faz parte de qualquer boa conversa sobre fotografia ou mais genericamente de arte. Na música, no design, na escrita tem na sua essência uma definição de “elemento crucial” dessa forma artística, e na fotografia não é excepção.

Uma fotografia reúne geralmente diversos elementos visuais que podem servir de “alvo” do olhar do fotógrafo. A disposição entre elementos, o posicionamento individual, as cores, desenvolvem conjuntamente uma forma de expressão que resulta numa determinada mensagem para o observador. O relacionamento entre esses elementos pode ser então descrito como uma forma de composição.

Acontece que como em qualquer forma de arte, os entendidos e experientes críticos tendem a procurar padrões que justificam essa “boa imagem” ao relacionar e analisar múltiplas peças. E na fotografia documentam-se assim técnicas ou regras que ajudam a criar fotografias agradáveis e tornando-se sucessivamente menos subjectivas ao olho individual.

Um desses “padrões” ou “regras” muito popular é a “Regra dos Terços”, que diria, não ser mais do que à ponta do icebergue.

Genericamente aceita-se que uma boa fotografia pode ser obtida conjugando:

  • MOTIVO
  • ELEMENTOS DE POIO
  • MENSAGEM
  • LUZ
  • CNICA
  • REAÇÃO EMOCIONAL

Em cada um deles existe sempre espaço para a liberdade criativa individual o que fará com que se distingam estilos entre fotógrafos/ fotografias.

1
Using Format