Fotografar a sessão de solteiros antes do casamento

A fotografia de casamentos, além da história do dia do noivado, pode perfeitamente integrar múltiplas sessões fotográficas, antes ou após o casamento. E tal tem sido uma prática cada vez mais procurada pelos noivos nos últimos anos. Genericamente, sempre defendi que o estilo fotográfico de casamento deve conter na sua essência, uma abordagem diversificada mas versátil. Diversificada porque requer a aplicação de múltiplas técnicas, características de especialidades fotográficas como, fotografia de moda, fotografia e pessoas, fotografia de paisagem, fotografia de produto, fotografia macro; privilegiando-se o estilo documental da reportagem que irá unir estas especialidades de forma a contar uma história, coesa, descritiva e profunda, com detalhes e emoções, desenvolvendo-se assim a narrativa do dia de casamento. E versátil porque a adoção das múltiplas técnicas de fotografia deve também estar alinhada com os desejos do casal. Os noivos são o epicentro de toda a reportagem e procuram naturalmente uma determinada forma de contar a história de casamento.

A sessão prévia de casamento, também conhecida por sessão de solteiros ou pre-wedding, é uma ótima forma de concentrar os registos fotográficos mais centrados na pose do que na captura documental, onde se podem preparar cenários fotográficos antecipadamente para certos resultados fotográficos, alinhados com os desejos dos noivos e as condições do local escolhido.

Nos meus ensaios tenho a preocupação de preparar antecipadamente com os noivos alguns detalhes, como o local, a hora da sessão fotográfica, as poses, a indumentária e o tipo de fotografia que pretendo alcançar com essa sessão.

Recentemente, no âmbito da sessão prévia de casamento – “sessão de solteiros”, o local – ”Pérgola da Foz”, foi escolhido com base no significado que tinha na história de namoro dos noivos, pelo que o ensaio fotográfico foi desenhado com essa referência. O casal conheceu-se nesse mesmo local, anos antes, tendo por isso marcado o seu relacionamento de forma profunda.

A Pérgola da Foz na Avenida do Brasil (Porto), encontra-se mesmo sobre a Praia do Molhe, com vista para o mar, o que faz antecipar um cenário veranil. Esta vista sobre a praia inspirava-me para um cenário de contra-luz, pela hora da “Golden hour” até ao “Pôr-do-Sol”, onde aconselhei junto do casal sobre a incrível oportunidade de neste dia captarmos imagens das suas silhuetas usando a contra-luz do Sol, já difusa e suave, ótima também para retratos mesmo com luz direta, nesta hora do dia.


O resultado foram imagens soberbas.

O intuito será o aproveitamento destas imagens para a impressão do álbum de casamento, juntando-se assim, também em fotografia, um capítulo importante da história dos noivos — um pouco da história de Solteiros.

2022 © Ricardo Miguel Moura, Unipessoal Lda
Using Format